Dissolver emoções negativas não é uma tarefa muito fácil. Saber como fazer isso se torna ainda mais desafiador quando não temos a menor ideia do que acontece com as nossas emoções quando queremos ter controle sobre elas e não conseguimos. Talvez você esteja passando por isso. Talvez já tenha tentando de várias maneiras controlar seus anseios e impulsos emocionais. Talvez já tenha até identificado o que te faz mal. Mas isso não bastou porque você simplesmente não conseguiu eliminar nada.

As emoções sendo mal utilizadas ou não impactam diretamente no nosso resultado externo. Influenciando nossa maneira de ver e viver a vida. Principalmente quando temos objetivos a cumprir e por causa de um obstáculo desistimos no meio do caminho. Isso é com certeza reflexo de como nossas emoções estão em desequilíbrio dentro de nós.

 

Emoções e Química

Para cada emoção que sentimos, nosso corpo produz uma química correspondente à emoção do momento. O que regulará o nosso estado de ânimo diante dos problemas. Se a nossa cabeça está cheia de preocupações, medos e ansiedades nosso corpo produzirá a química do cortisol que é a química do stress. Colaborando para aumentar ainda mais o cansaço, o desânimo a tristeza e a vontade de desistir.  Mas se na nossa cabeça existir os pensamentos de amor, alegria, gratidão, contentamento e serenidade, provocaremos a química da dopamina, serotonina entre outras que são as químicas do amor e do bem estar.

“A vida é como jogar uma bola na parede:
Se for jogada uma bola azul, ela voltará azul;
Se for jogada uma bola verde, ela voltará verde;
Se a bola for jogada fraca, ela voltará fraca;
Se a bola for jogada com força, ela voltará com força.
Por isso, nunca “jogue uma bola na vida” de forma
que você não esteja pronto a recebê-la.
A vida não dá nem empresta;
não se comove nem se apieda.
Tudo quanto ela faz é retribuir e transferir
aquilo que nós lhe oferecemos.”

Albert Einstein

 

Já é cientificamente comprovado que nós somos pura energia

E essa energia interage com o universo nos fazendo atrair exatamente o que somos ou estamos num determinado momento. Portanto se carregamos emoções negativas ou destrutivas vamos atrair mais eventos que nos leve a vivenciar essas emoções negativas ou destrutivas. O mesmo funciona para os eventos positivos. Se me empenho em colocar na minha mente pensamentos do bem, vou ser retribuída da mesma forma.

Uma das maneiras de identificarmos isso é saber que hábitos são diferentes de vícios. Vício é tudo aquilo que passa de um limite saudável. Não estou falando de vícios de bebida ou droga. Mas sim de vícios emocionais, e acredite todos nós temos vícios emocionais em maior ou menor escala. Sejam eles de tristeza, rejeição, fracasso, dor, recomeços, reclamações entre outros. Parece difícil até mesmo de entender, mas quando compreendemos a origem dos nossos vícios podemos trabalha-los de forma emocional para eliminá-los.

 

Bom, para que este entendimento fique mais claro darei alguns exemplos e dicas:

  1. Você sempre atrai os mesmos tipos de relacionamentos. Sejam eles amorosos ou de amizade e sempre são relacionamentos ruins onde você sofre com brigas, enganos, traições e etc. E por mais que você saia de um dos relacionamentos você acaba encontrando outro que desperte em você as mesmas situações e sensações.
  2. Você nunca consegue se estabilizar na vida profissional. Sempre existe algo que te incomoda e que faz você se sentir menor, inferior, incapaz e sem futuro de progredir. Você pode até trocar de emprego, ir de uma empresa para outra, mas mesmo sendo um ambiente novo você experimenta as mesmas sensações.
  3. Você se apega fácil a pessoas e parece depender delas para viver e ser feliz. É como se sua vida não tivesse sentido sem uma ou outra pessoa (pode ser mãe, pai, namorado, esposa, etc..). Ou você acha que nunca conseguirá viver feliz sozinho.
  4. Você está preso ao passado e sempre se recorda do que aconteceu de ruim. Ou de bom não conseguindo se desapegar, usando essas memórias para provocar pessoas que te feriu ou para comparar o que um dia você teve com o que você tem atualmente. Está sempre remoendo o que poderia ou deveria ter sido se você não tivesse tomando uma decisão diferente ou se alguém não tivesse feito o que fez com você.

 

 

Esses são apenas exemplos de como você pode identificar se existe algum vício emocional na sua vida. E se você se viu em algum dos exemplos acima. Saiba que existe solução para sua vida e que quando você eliminar esses vícios perceberá o quanto sua vida e os seus relacionamentos vão mudar para melhor de uma maneira que talvez nunca tenha visto antes.

 

Minhas dicas para você começar a limpar esses conteúdos emocionais e emoções negativas são essas:

  1. Observe se o que acontece com você no presente tem referências de momentos vividos no passado. De aprendizagens que você teve no passado, de algo que te marcou profundamente. Por ex.: um diz você foi rejeitado por alguém, e hoje você vive a mesma situação por onde passa com as pessoas que te cerca. Se você conseguiu unir o passado com o que vice hoje, saiba começo para eliminar esse o que você vem repetindo na vida é perdoando as pessoas que te fizeram mal.
  2. Todas as vezes que você perceber que vai começar uma nova briga/discussão com alguém que já é de costume, procure se calar e se afaste por um tempo, desta maneira você evita alimentar o vício.
  3. Se você possui o vício de reclamação e tudo o que te acontece de ruim na vida é motivo para reclamar. Comece a observar e substitua a reclamação por gratidão. Neste momento além de mudar a ordem de seus pensamentos você vai mudar sua química interna, dando foco para outra posição.

 

É claro que essas são apenas algumas diante de uma vasta explicação e esclarecimento a respeito das emoções, mas se você quer saber mais sobre como eliminar emoções negativas e tóxicas então se inscreva no webinar gratuito que vou realizar no dia 3 de Maio às 19h horário de Portugal e no Brasil às 17:00 horário de Brasília. Aproveite pois o Webinar é gratuito!!!

 

Inscrição Webinar

 

Espero ter ajudado, contribuído e esclarecido de alguma forma.

 

Aline Alves – Coach WeCareOn