Partilhamos mais um testemunho de uma cliente da WeCareOn.

 

 

 

Sou a Marta, tenho 15 anos e vivo na Guarda.

 

Tudo começou com umas pequenas dores de cabeça desvalorizadas pelo cansaço, que se vieram a tornar numas enormes dores de cabeça que tomavam conta dos meus dias.

Inicialmente tinha de vez em quando uma pequena dor de cabeça, que vinha e depois controlava com um ben-u-ron.

Falei com o médico de família mas não deu grande importância a isso pensando ser apenas o stress dos testes na escola. O certo é que as dores continuavam e aumentavam, então o médico de família encaminhou-me para uma psicóloga.

No final do ano letivo esperava-se que passassem as dores devido a que ia deixar de ter a preocupação dos testes. Só que não aconteceu e ficaram ainda piores. Tinham hora marcada, eu sabia que quando se chegassem as 5 da tarde lá estariam “elas”, enormes.

Parecia que a minha cabeça ia rebentar. Tomava mais um ben-u-ron ou uma aspirina mas chegou a ponto em que já nem isso fazia com que passassem. E então tinha de adotar outras técnicas, como sentar-me na varanda a ouvir música e a aguentar a dor com grande sofrimento até que resolvesse passar. Muitas vezes só passava quando adormecia. Fui ao pediatra e ao pedopsiquiatra tomei anti-depressivos e outros medicamentos, mas, a verdade é que nada estava a resultar. As dores de cabeça continuaram e deixaram de ter hora marcada para passarem a vir em qualquer hora, em qualquer lugar e independentemente do que estivesse a fazer. Fiz várias análises e até uma ressonância magnética mas não acusaram nada. Foram vários meses de sofrimento, cerca de 9 meses (desde dezembro até agosto) com as dores a progredirem.

 

Até que alguém me sugeriu a hipótese de começar a ter sessões de coaching. Já tinha ouvido falar de várias pessoas que tinham superado muitas coisas, nunca num caso como o meu, mas não tinha nada a perder e já tinha experimentado tanta coisa que era só mais uma.

Mas valeu a pena a experiência, as dores desapareceram, foi incrível!

 

Com a ajuda da minha coach, que é a Dra. Paula Ribeiro, consegui descobrir de onde vinham as dores e conseguimos tratá-las. Descobrimos que tinham a ver com medos que tinham ficado guardados durante muito tempo e que agora era necessário eliminá-los.

 

Não foi preciso muito tempo para que o meu problema deixasse de o ser. Penso que foram precisas apenas 2 sessões para deixar de ter dores de cabeça. E foram apenas feitas coisas simples, como meditação, frases de auto-valorização e pensamentos positivos. Claro que não foi fácil e ainda ando em tratamento, fizemos até agora 5 sessões e já tenho a situação controlada. Sem ajuda isto não seria possível.

A minha coach tem sido incansável. Sempre que me sinto em baixo ligo-lhe e ela está sempre disponível para me ajudar. Quando falamos sinto uma paz que não sei explicar, é como se o sol brilhasse e a luz passasse para mim… fico bem melhor!.

 

 

Obrigada Paula por me ajudares. Continuo a contar contigo.

 

Marta – Cliente WeCareOn