A Time Line Therapy desenvolvida por Tad James, Ph.D., na década de 1980, é hoje considerada uma das mais poderosas terapias modernas associadas à mudança emocional e crescimento pessoal. A Time Line Therapy também é conhecida como terapia das emoções ou terapia da linha do tempo.

 

Está a ser “oprimido” por emoções negativas e decisões limitadoras que o impedem de seguir em frente?

 

Como seria poder livrar-se de “bagagem” emocional que carrega e que se torna cada vez mais desconfortável?

 

E ter controlo emocional sobre a sua vida?

 

São várias as técnicas de Time Line Therapy. Permitem libertar emoções negativas ligadas a memórias ou acontecimentos do passado, assim como decisões limitadoras, entre outros. Possibilitando ao cliente aprender com estes eventos e usar as aprendizagens como recursos no futuro. Resulta em mudanças duradouras e que conseguem ser alcançadas num curto espaço de tempo, com o mínimo de esforço para o cliente.

 

Memórias, Time Line e Personalidade

O que somos se não uma colecção de memórias?

São as nossas experiências passadas que determinam quem somos e a forma como agimos e reagimos. As memórias são registadas e armazenadas ao longo da vida na nossa Time Line e têm influência sobre quem somos.

 

O conceito de Time Line não é recente. Aristóteles foi o primeiro a referir o “fluxo do tempo” para que os gregos tivessem uma ideia de temporalidade. Também no início dos anos 1890, William James falou sobre o armazenamento de memória linear. A questão do “tempo” fascinava e intrigava Tad James. Percebeu que, se há pessoas que têm tempo para tudo, são organizadas e concretizam os seus objectivos, outras nem tanto…

 

Foi nessa altura que estudou metaprogramas, o que o levou a desenvolver a Time Line Therapy. Dos mais recentes desenvolvimentos em Programação Neuro Linguística. É uma técnica revolucionária e poderosamente eficaz em diversas áreas como o coaching, negócios, educação, contextos terapêuticos, entre outros. A Time Line representa um “álbum mental de fotografias” onde as nossas memórias, decisões, experiências (boas e menos boas) são impressas e determinam como vivemos e nos relacionamos com o tempo.

 

Todos temos uma organização própria, um elemento fundamental da nossa personalidade. As pessoas têm, dentro delas, uma forma de codificar o passado, o presente e o futuro. Caso contrário, como saberiam distinguir entre uma memória passada e percepções do futuro?

 

Facto é que sabemos e temos a capacidade de armazenar o tempo de forma linear. O que difere é a maneira como o organizamos. Possivelmente já ouviu expressões do tipo: “um dia vais olhar para trás e vais rir disto tudo!” ou “põe isso para trás das costas” ou ainda “o tempo está do meu lado. São descrições literais (e não metafóricas) do que se passa na nossa mente. De acordo com Tad James, isto significa que, as pessoas, quando se referem às suas experiências internas de tempo (incluindo gestos), estão a fazer uma descrição real e literal da sua experiência, ou melhor, descrevem exactamente a maneira como organizam o tempo.

 

Existem 3 Períodos marcantes na Criação de Memórias:

Dos 0 aos 7 anos surge o período da Impressão. Em que a criança é como uma esponja e absorve tudo: imagens, sons, sentimentos, gostos e cheiros.

Dos 7 aos 14 surge o Período de Modelagem. Altura em que a criança / jovem começa a modelar o comportamento dos pais e de pessoas que admira.

Dos 14 aos 21 entra na fase de Socialização. A adolescência, altura em que os amigos têm maior influência.

 

O que é a Time Line Therapy?

A Time Line Therapy trabalha com a mente inconsciente e beneficia das suas principais funções. (Quando mencionamos “mente inconsciente” estamos a referir à parte da mente que não está consciente agora – neste preciso momento – e não a algo misterioso!). Tem por base a premissa que a mente inconsciente é a fonte de toda a aprendizagem, de todo o comportamento e de todas as mudanças. Sendo o objectivo principal desta metodologia libertar emoções negativas e decisões limitadoras de determinados acontecimentos. De forma consciente, causando assim uma integração do consciente / inconsciente.

 

A Time Line Therapy é um processo de imaginação activa (o que se pretende aqui é que a pessoa se imagine a “flutuar” acima da sua linha do tempo. Por exemplo, se reside num andar pode imaginar ver-se a sair do seu carro e a entrar na prédio que habita. É nesse sentido que actua a imaginação activa na Time Line Therapy). Ou seja, o cliente ao invés de viver os acontecimentos na sua Time Line, é-lhe pedido para imaginar-se a flutuar. O processo torna-se mais fácil.

 

Imaginação Activa é usada na Terapia Gestalt

O que a pessoa imagina está certo. Em Time Line Therapy, o conteúdo das memórias é prescindível para libertar emoções negativas. Por isso, o cliente não necessita de descrever as memórias para libertar as emoções negativas.

Armazenamos as nossas memórias em torno de um determinado acontecimento e muitas vezes ligadas, como se num colar de pérolas – princípio de Gestalt em que o todo é maior que a soma das partes, ou seja quando acedemos a uma Gestalt em Time Line Therapy, acedemos a uma colecção de memórias – acontecimentos emocionais significativos associadas a um assunto, cuja soma total é maior do que seriam memórias individuais.

Por exemplo, se o cliente sente medo, a Time Line Therapy permite libertar e limpar o medo do passado (ao longo da Time Line) e não apenas o medo ligado a um evento em particular. Estes aspectos são significativos e permitem distinguir a Time Line Therapy da terapia da linha do tempo e de outras terapias que trabalham com memórias. A Time Line Therapy leva o cliente à causa raiz, ao primeiro acontecimento da Gestalt. Quando isto acontece, a ligação entre os acontecimentos é quebrada.

Esta é uma das principais razões pelas quais o cliente consegue obter resultados tão rapidamente e duradouros. Só as emoções negativas ligadas às memórias são eliminadas. As memórias são a nossa história e não é ecológico ou apropriado limpá-las. Também não impede o cliente de sentir essas emoções no futuro, pois não é o propósito da Time Line Therapy, o que reduz é a “carga” emocional.

 

Como a Time Line Therapy me pode ajudar?

Vivemos num mundo em mudança permanente. Confrontamo-nos com desafios constantes e ficamos frequentemente sem capacidade de lidar com as emoções negativas que surgem como consequência das nossas circunstâncias, das experiências desagradáveis do passado, que ficam presas em “gestalts” e que controlam as nossas vidas.

As principais emoções trabalhadas na Time Line Therapy são:

  • Tristeza;
  • Raiva;
  • Medo;
  • Culpa;
  • Mágoa;
  • Frustração.

 

Está cientificamente comprovado que a acumulação de emoções negativas produzem substâncias químicas no nosso organismo que podem ser prejudicais psicológica e fisicamente. Assim sendo, torna-se mais do que evidente que a eliminação destas emoções negativas só pode ser benéfica para a saúde mental e física.

 

Ouvimos cada vez mais afirmações do tipo: “Eu não sou bom o suficiente”, “Eu nunca vou ser rico”, “Nunca mais vou conseguir arranjar um trabalho – o melhor é ir embora”, “Não consigo ter um relacionamento estável”…

 

São decisões limitadoras que nos impedem de atingir os nossos objectivos. De ter um foco positivo que permite abrir caminho para a felicidade e realização. A Time Line Therapy, através das diversas técnicas de que dispõe, permite-lhe limpar as emoções negativas e ultrapassar decisões limitadoras. Através da sua aplicação prática, o cliente é guiado a aceder a memórias específicas (acontecimentos).

 

Partindo do pressuposto que em todas as situações existem aprendizagens, então nos acontecimentos que nos prendem pelas emoções negativas ou pelas decisões limitadoras, também existem aprendizagens a retirar. É fundamental que seja identificada a causa raiz de forma a “limpar” as emoções negativas a partir desse primeiro acontecimento da “gestalt”. Desta forma vão-se desligando e limpando todas as emoções através das aprendizagens e o cliente vai-se libertando. São as aprendizagens que vão ficar ao nosso dispor como recursos para o futuro. Há toda uma reprogramação de resposta e comportamento de modo a provocar uma sensação mais saudável e de bem-estar que impulsiona para uma vida mais plena e enriquecedora.

 

Conclusão

A Time Line Therapy é um processo rápido, eficaz e muito especial que permite transformar toda uma série de acontecimentos associados a estados negativos, em aprendizagens. Produzindo resultados surpreendentes para os utilizadores – muitas vezes para além das suas expectativas.

 

Time Line Theraphy: Testemunho

Partilho convosco um exemplo de uma cliente que fez Time Line Therapy, com um determinado objectivo. Acontece que fumava, digo fumava porque um dia recebo um e-mail onde me conta que, de um dia para o outro, simplesmente deixou de ter vontade de fumar (era também um objectivo). Nada fez (conscientemente) para deixar de fumar… Como achou o seu comportamento estranho foi, como de costume, à tabacaria com o intuito de comprar um maço de tabaco. Curiosamente na altura de o comprar também reagiu de forma diferente e em vez de o fazer, pegou numa revista.

Chegou a casa, tirou um cigarro, colocou na boca e em vez de acender, deitou fora… A motivação já lá não estava, algures, na “limpeza” de uma emoção negativa, na sua linha do tempo, o motivo ou motivos que a faziam acender um cigarro foram apagados.

 

E da mesma forma simples e eficaz pode também libertar emoções negativas, decisões limitadoras, entre outras questões. Aceitar as aprendizagens e acreditar que elas sim são necessárias para nos protegermos – uma das principais funções do nosso inconsciente. Através da utilização de técnicas de Time Line Therapy, a sua felicidade pessoal e o seu sucesso profissional serão mais consistentes e previsíveis. Vai ser capaz de gerir os seus estados emocionais, inspirar-se com um futuro atraente, e criar padrões de excelência.

 

Por Barbara Tavares ​- Coach WeCareOn c/ PNL Master Practitioner Time Line Therapy®