Se já trabalhaste para um mau líder, provavelmente já tens a resposta para a razão pela qual uma boa liderança é importante. Uma boa liderança pode fazer a diferença entre desfrutar do seu trabalho e tolerar esse trabalho.

Antes de nos debruçarmos sobre o que torna um líder bom, pensemos nos custos de uma má liderança. Mesmo antes da Grande Demissão da pandemia da COVID 19, os maus líderes custam às suas organizações redução da produtividade e da rotatividade dos empregados. Por exemplo, estima-se que a má liderança reduz a produtividade dos membros da equipa em até 7%.

Além disso, os maus líderes também representam um custo para as suas organizações ao aumentarem o potencial para os empregados ficarem esgotados. A investigação Gallup sugere que em junho de 2021, 74% dos empregados disseram ter por vezes sofrido de esgotamento no trabalho, e os empregados já esgotados têm 23% mais probabilidades de visitar as salas de urgências. Um relatório de 2021 do The Predictive Index revelou também que 63% dos empregadores com maus empregados estavam a considerar deixar o seu emprego com um mau gestor dentro do próximo ano. Os custos humanos da má liderança são igualmente maus e incluem o baixo nível de moral dos empregados e a diminuição da satisfação profissional. Por outras palavras, os maus líderes são a diferença entre um emprego que se ama e um emprego que se pode deixar.

Por outro lado, os bons líderes trazem muitos benefícios às suas equipas e organizações inteiras, como aumento do lucro, satisfação do cliente e retenção de empregados, de acordo com o Centro para a Liderança Criativa.

De acordo com a investigação Gallup, a Grande Demissão pode ser interrompida com uma boa liderança.

Se és um bom gestor que quer tornar-se num grande gestor, mas temes que não tenhas tempo para investir num programa de licenciatura em gestão, considera uma licenciatura em gestão empresarial online. As faculdades e universidades online creditadas são concebidas para profissionais ocupados, permitindo-lhes prosseguir programas de licenciatura em gestão, equilibrando ao mesmo tempo o trabalho e os compromissos familiares.

  1. Integridade

A integridade é uma característica de liderança essencial para o indivíduo e para a organização. É especialmente importante para executivos de alto nível que estão a traçar o rumo da organização e a tomar incontáveis outras decisões significativas. A investigação descobriu que a integridade pode na realidade ser um potencial ponto cego para as organizações, por isso certifique-se de que a sua organização reforça a importância da honestidade e integridade para os líderes a vários níveis.

  1. Delegação

Delegar é uma das principais responsabilidades de um líder, mas pode ser complicado delegar eficazmente. O objetivo não é apenas libertar-se de tarefas, é também permitir que os seus trabalhadores cresçam, facilitar o trabalho de equipa, proporcionar autonomia e conduzir a uma melhor tomada de decisões. Os melhores líderes constroem confiança no local de trabalho e nas suas equipas através de uma delegação eficaz.

  1. Comunicação

Uma liderança eficaz e uma comunicação eficaz estão interligadas. Os melhores líderes são comunicadores competentes que são capazes de comunicar de diversas formas, desde a transmissão de informação a inspirar outros, passando pelo coaching de trabalhadores. E devem ser capazes de ouvir, e comunicar com uma vasta gama de pessoas através de papéis, geografias, identidades sociais e muito mais. A qualidade e eficácia da comunicação entre os líderes da sua organização também afeta diretamente o sucesso da sua estratégia empresarial.

  1. Auto-consciencialização

Embora este seja um traço mais interior, a autoconsciência e a humildade são primordiais para a liderança. Quanto melhor se compreender e reconhecer os seus próprios pontos fortes e fracos, mais eficaz se pode ser como líder. Sabe como outras pessoas o veem ou como aparece no trabalho?

  1. Gratidão

Ser agradecido pode levar a uma autoestima mais elevada, reduzir a depressão e ansiedade, e a um sono melhor. A gratidão pode até fazer de si um melhor líder. No entanto, poucas pessoas dizem regularmente “obrigado” em ambientes de trabalho, embora a maioria das pessoas diga que estaria disposta a trabalhar mais para um chefe agradecido. Os melhores líderes sabem como demonstrar gratidão no local de trabalho.

  1. Empatia

A empatia está correlacionada com o desempenho do trabalho e é uma parte crítica da inteligência emocional e da eficácia da liderança. Se mostrar uma liderança mais inclusiva e comportamentos empáticos em relação aos seus trabalhadores, a investigação mostra que é mais provável que seja visto como um melhor desempenho pelo seu chefe. Além disso, a empatia e a inclusão são imperativas para melhorar as condições de trabalho dos que o rodeiam.

  1. Agilidade de aprendizagem

A agilidade de aprendizagem é a capacidade de saber o que fazer quando não se sabe o que fazer. Se for um “estudo rápido” ou se for capaz de se sobressair em circunstâncias desconhecidas, pode já estar a aprender com agilidade. Mas qualquer pessoa pode promover e aumentar a agilidade de aprendizagem através da prática, experiência e esforço. Afinal de contas, grandes líderes são realmente grandes aprendizes.

  1. Respeito

Tratar as pessoas com respeito numa base diária é uma das coisas mais importantes que um líder pode fazer. Irá aliviar tensões e conflitos, criar confiança, e melhorar a eficácia. Criar uma cultura de respeito é algo mais do que a ausência de desrespeito. O respeito pode ser demonstrado de muitas maneiras diferentes, mas muitas vezes começa simplesmente por ser um bom ouvinte que procura verdadeiramente compreender as perspetivas dos outros.

  1. Eles trabalham para os seus empregados

Os gestores podem responder aos superiores, mas os bons líderes sabem que a sua verdadeira missão é assegurar que os seus empregados tenham os recursos para fazer o seu trabalho da forma mais eficiente e eficaz possível, e o apoio direto de que necessitam para prosperar no ambiente de trabalho.

  1. Mantêm a mente aberta

Outra característica de um bom líder: Permanecem recetivos a novas ideias. Em vez de resistir à mudança, os bons líderes são flexíveis e altamente adaptáveis. São acessíveis, e recebem opiniões diferentes das suas próprias.

 

Como desenvolver as características de um bom líder em si mesmo e nos outros:

– Os bons líderes são feitos, não nascidos.

Primeiro os líderes são feitos, e não nascidos. Dito de outra forma, a liderança é uma habilidade que é desenvolvida. Bons líderes são moldados através da experiência, estudo contínuo, e adaptação. Assim, é possível fortalecer qualquer uma destas 10 características de um bom líder, se se estiver aberto ao crescimento e se investir no tempo e no esforço para o autoaperfeiçoamento. Da mesma forma, as organizações podem ajudar o seu pessoal a aperfeiçoar estas qualidades de liderança, proporcionando amplas oportunidades de formação, oferecendo apoio para aprender com os desafios, e utilizando as experiências para alimentar o desenvolvimento.

– A Colaboração Constrói Líderes Fortes.

É também essencial perceber que a liderança é um processo social. É menos sobre um indivíduo forte ou carismático, e mais sobre um grupo de pessoas que trabalham coletivamente para alcançar resultados em conjunto. Se demonstrar várias das características de um bom líder, mas não compreender este ponto-chave, é provável que não vá muito longe por si próprio. Poderá ser bem apreciado e respeitado, mas será um desafio realizar objetivos de equipa ou organizacionais.

– A boa liderança nunca para.

Além disso, a liderança não é um destino, é uma viagem, é algo a que terá de trabalhar regularmente ao longo da sua carreira, independentemente do nível que alcance na sua organização. Equipas, projetos e situações diferentes proporcionarão desafios diferentes e exigirão competências de liderança diferentes para ter sucesso. Portanto, terá de ser capaz de continuar a aplicar estas características de liderança de diferentes maneiras ao longo da sua carreira. Basta continuar a aprender e crescer, e será um aprendiz ágil com uma longa carreira.

Se precisas de ajuda, conta comigo!

 

Estou aqui para ti

 

João Alves – Psicólogo na WeCareOn